Desembargador manda apreender passaporte do dono da Avianca

A decisão é do desembargador Alexandre Bastos do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul. A Avianca está obrigada a levar para Brasília integrantes da Associação de Prefeitos do Mato Grosso do Sul que participarão da Frente de Prefeitos na capital federal. A Avianca é acusada de overbooking, quando se vende mais bilhetes do que lugares na aeronave. O presidente da Avianca José Eframovich terá que cumprir a ordem sob pena de pagar multa de R$ 10 mil por dia além de ter o passaporte apreendido.

Confira a íntegra da decisão do desembargador contra a Avianca!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.