Deputado petista pagará dívida eleitoral em 273 anos

Antônio Gomide (PT) tem prazo de  273 anos para pagamento de dívida eleitoral

Valor de R$ 1.787.040,23 é referente à prestação de contas das eleições de 2014

O ex-prefeito de Anápolis eleito deputado estadual, Antônio Gomide (PT), teve seu pedido para parcelamento do débito eleitoral de R$ 1.787.040,23, referente à prestação de contas das eleições de 2014 – quando concorreu ao governo do Estado -, deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO). Gomide terá 3.280 meses para pagar o total da dívida, ou seja, quase 274 anos.

Na decisão do juiz relator Jesus Crisóstomo de Almeida, publicada no Diário da Justiça Eleitoral de 12 de setembro, as parcelas que Gomide tem a pagar é no valor fixo mensal de R$ 544,83, com vencimento no dia 30 de cada mês.

Como justificativa para o parcelamento, o juiz citou o artigo 11, § 8°, inc. III, da Lei nº 9.504/1997, de modo que o valor mensal a ser pago pelo ex-prefeito não ultrapasse 5% de sua renda líquida. Conforme declaração de bens apresentada por Gomide à Justiça Eleitoral, o petista possui R$1.157.657,72 como patrimônio, entre imóveis, terrenos, veículos, entre outros bens.

Atualmente, Gomide é vereador por Anápolis e,de acordo com o Portal da Transparência da Câmara Municipal anapolina, o último salário recebido por Gomide foi de R$ 10.871,63, referente ao mês de agosto.


TAG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.