DEMA investiga morte de grande quantidade de abelhas em Jandaia

A Delegacia Estadual do Meio Ambiente (DEMA) instaurou um inquérito para apurar a mortandade de diversas abelhas em uma propriedade rural da cidade de Jandaia, que fica a 119 quilômetros de Goiânia. A denúncia foi feita à DEMA de forma anônima. O delegado responsável pelas investigações, Luziano de Carvalho, esteve na manhã de quarta-feira (16) em três locais diferentes da propriedade rural onde há plantação de soja para averiguar a situação. De acordo com o delegado, o proprietário da fazenda jogou defensivos agrícolas no terreno e matou cerca de 80 colmeias. Uma equipe da Polícia Técnica Cientifica também esteve por lá para colher amostras e submeter a análises técnicas. Os resultados da perícia devem sair na semana que vem. O fazendeiro vai ser ouvido pela polícia na próxima segunda-feira (21). Ele deve responder pelo crime de poluição com morte de animal, que é a dizimação das abelhas. Para o delegado Luziano este é um dos crimes ambientais considerados mais graves na constituição.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.