Conservadores católicos querem que Papa Francisco seja denunciado como herege

Um grupo de 19 padres e acadêmicos conservadores católicos pediram aos bispos que denunciem o Papa Francisco como herege. A iniciativa parte dos setores ultraconservadores da Igreja, que se opõem às posições do Pontífice em temas como comunhão para divorciados e diversidade religiosa.

O mais proeminente no grupo é o padre Aidan Nichols, um clérigo britânico de 70 anos da ordem dominicana que escreveu muitos livros e é um dos mais reconhecidos teólogos do mundo anglo-saxão. Os outros são menos conhecidos.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.