Com dificuldades, Cruzeiro vence o Goiás no Mineirão pelo Brasileiro

O Cruzeiro conseguiu vencer mais uma no Brasileiro 2019. A Raposa derrotou o Goiás por 2 a 1, na tarde deste domingo, 4 de maio, com gols de Dedé e Rodriguinho. Michael descontou a favor do Esmeraldino.

O resultado colocou o Cruzeiro entre os seis primeiros do Brasileiro com seis pontos em três jogos. Já o Goiás amargou sua segunda derrota no campeonato, permanecendo com três pontos na tabela.

O duelo foi muito intenso para o Cruzeiro, pois novamente teve de superar um sistema defensivo muito bem postado, dificultando as ações da equipe mineira. O resultado do jogo só foi conquistado no segundo tempo, quando o Goiás não conseguiu manter o mesmo ímpeto defensivo pelo desgaste físico da equipe.

De olho nas retrancas

Apontado como um dos favoritos ao título, o Cruzeiro terá de driblar uma dificuldade que deverá ser constante em seus jogos: a retranca dos rivais quando jogarem no Mineirão. Apesar de ter um elenco com bons valores, a badalação em cima do time de Mano Menezes criou um cuidado extra dos adversário quando vão encarar a equipe celeste.

Contra o Ceará e neste domingo diante do Goiás, o time celeste teve de dobrar o esforço para furar as defesas e conseguir marcar no gol adversário, o que demonstra que Mano terá de observar novas jogadas e posicionamentos em campo, a fim de diminuir o desgaste na busca pelo resultado positivo.

Thiago Neves e Rodriguinho juntos

Mano Menezes disse que iria esperar a parada da Copa América para testar os meias Rodriguinho e Thiago Neves juntos na equipe. Mas, após o gol de empate do Goiás, o treinador resolveu arriscar e colocou a TN10 no lugar de Robinho. O combinado era um revezamento no meio de campo. Enquanto um estivesse no meio, o outro iria ficar mais próximo do ataque, assim, evitariam a disputa pelo mesmo espaço de campo.

Mesmo com Rodriguinho marcando o gol que colocou o time celeste à frente no placar, a dupla de meias ainda precisará de mais tempo de campo para que seja possível analisar e avaliar se ter dois jogadores da mesma faixa de campo juntos no Cruzeiro s se torne algo viável.

Segurando a Raposa

O Goiás, assim como Ceará, fez um primeiro tempo muito firme no setor defensivo, travando as principais jogadas do Cruzeiro, pelo meio de campo, e nas laterais do campo, com Egídio, Orejuela e Pedro Rocha, que pouco apareceu na partida.

A estratégia foi recompensada com um gol e, apesar da derrota, o Goiás pode pensar que a permanência na Série A é muito possível, pois demonstrou ser um time organizado e com boa força ofensiva, criando algumas boas chances de sair do Mineirão pelo menos com um ponto diante do time azul.

Próximos jogos

Na quarta rodada do Brasileiro, a Raposa encara o Internacional, em Porto Alegre, no próximo domingo, no Beira-Rio. Antes, na quarta-feira, o time azul faz seu último jogo na fase de grupos da Libertadores, quando enfrenta o Emelec-EQU, no Mineirão, às 19h15. Já Goiás recebe o Ceará às 21h do sábado, 11 de maio, no Serra Dourada, na capital goiana.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 2 x 1 GOIÁS
​Estádio: Mineirão – Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 5 de maio de 2019, às 16h
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistentes: Bruno Silbert Faria Sisquin e Luiz Claudio Regazoni ( Ambos do RJ)
Responsável pelo VAR: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Gols: Dedé, aos 3’-2ºT(1-0), Michael, aos 11’-2ºT(1-1) e Rodriguinho, aos 36’-2ºT(2-1)

Cartões Amarelos: Giovanni Augusto(GO), Rodriguinho (CRU)
Cartões Vermelhos: Giovanni Augusto (GO)
Público e renda: Público Presente: 19.735-Público Pagante: 15.259/Renda: R$ 214.018,50

CRUZEIRO: 
Fábio, Orejuela (Jadson, aos 30’-2ºT), Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Thiago Neves, aos 22’-2ºT), Rodriguinho, Pedro Rocha (David, aos 22’-T); Fred Técnico: Mano Menezes.

GOIÁS: Tadeu; Daniel Guedes, David Duarte, Yago e Jefferson; Geovane, Léo Sena, Giovanni Augusto(Renatinho, aos 28’-2º) e Kayke (Júnior Brandão, aos 38’-2ºT); Michael e Leandro Barcia (Marlone, aos 28’2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.