Chefe do tráfico “Mata Rindo” morreu triste em confronto com polícia

Um traficante carioca conhecido como “Mata Rindo” foi morto em confronto com policiais civis na noite da segunda (6). Gabriel dos Santos Soares, 22 anos, era chefe do tráfico de drogas em três comunidades de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Mata Rindo foi baleado por volta das 20h e chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O traficante estava com um comparsa em uma moto quando foi abordado pelos policiais. Mata Rindo e o companheiro atiraram contra os agentes, que responderam. O criminoso foi baleado, e o comparsa conseguiu fugir.

Mata Rindo era da facção Comando Vermelho (CV) e era considerado o braço direito do comandante do CV na região, Leonardo Caldas de Araujo, o Leo Traça, que está preso desde 2015. Mata Rindo estava sendo procurado por pelo menos três crimes, com mandados de prisão em aberto: tortura, corrupção de menores e furto qualificado. O Disque Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 2 mil para quem desse informações que levassem à captura do criminoso.

Fonte: OP9




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.