Caso Kauane: polícia prende homem que confessou ter matado criança

Um homem foi preso nesta segunda (22) em Mongaguá, no litoral paulista, após confessar ter matado a menina Kauane Crishiny Soares Rodrigues, de 6 anos. A garota estava desaparecida desde a última quarta (17).

O corpo de Kauane foi encontrado em uma vala, seminu, na região onde ela morava com a mãe e o irmão. Ainda não há informações sobre as causas do assassinato.

Os policiais encontraram a menina com a ajuda de cães farejadores e encaminharam o corpo ao Instituto Médico Legal (IML) de Praia Grande, responsável pela região. Os peritos ainda vão avaliar se Kauane chegou a ser vítima de abuso sexual.

O desaparecimento da garota foi notado pela mãe, por volta das 2h da madrugada de quarta, quando ela encontrou a porta de casa aberta. O imóvel localiza-se na avenida Governador Mario Covas Júnior, no bairro Parque Marinho, próximo da plataforma de pesca de Mongaguá.

No Facebook, a prefeitura da cidade informou que as buscas pela garota chegaram ao fim e prestou condolências à família.

Fonte: Jovem Pan




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.