Carro com família é fuzilado com mais de 80 tiros no Rio de Janeiro

Delegado carioca diz que tudo indica que o carro foi fuzilado por engano

Militares do Exército deram mais de 80 tiros no carro em que estava a família de um músico de 55 anos, que morreu na hora. O padrasto da mulher Evaldo dos Santos Rosa também foi atingido, além de um pedestre que passava pelo local. O caso aconteceu em Guadalupe, na Zona Norte na tarde do último domingo. Segundo testemunhas o carro foi alvejado por engano por parte dos militares. O Comando Militar do Leste nega a acusação, e afirma que atingiu um criminoso durante tiroteio. Não sinalização foi feita por parte dos militares antes do início do fuzilamento do automóvel. O delegado Leonardo Salgado, da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro, disse à CBN que tudo indica que o carro foi fuzilado por engano.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.