Candidato de Cristina Kirchner vence primárias na Argentina

O candidato de oposição à presidência da Argentina, Alberto Fernández, venceu no domingo com larga vantagem as eleições primárias para a Presidência do país.

Fernández, que tem a ex-presidente Cristina Kirchner como vice em sua chapa, superou o atual presidente Mauricio Macri, candidato à reeleição.

Com 86% das urnas apuradas, a chapa de Fernández teve 47,4% dos votos contra 32,3% da de Macri.

O resultado ameaça as aspirações do presidente argentino de continuar à frente do país pelos próximos quatro anos.

Caso os números registrados nas primárias voltem a se repetir de fato na eleição, marcada para o próximo dia 27 de outubro, Fernández seria eleito em primeiro turno.

Para isso, ele precisa de mais de 45% dos votos ou mais de 40% e no mínimo 10 pontos percentuais de vantagem para o segundo colocado.

“Tivemos um mau resultado e isso nos obriga, a partir de amanhã, a redobrar nossos esforços para que, em outubro, obtenhamos o apoio necessário para continuar a mudança”, disse Macri, reconhecendo sua derrota antes da divulgação dos primeiros resultados preliminares. Já Fernández comemorou a vitória.

“A Argentina está dando à luz a outro país e, nesse país, o único trabalho que eu e Cristina temos é que os argentinos recuperem a felicidade que perderam”, afirmou Fernández.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.