Caiado atrasa pagamento da Assembleia Legislativa e causa revolta em funcionários

Trabalhadores da Assembleia Legislativa de Goiás ficaram sem dinheiro para o dia dos pais por causa de atraso de pagamento por parte do Governo Caiado

A relação do Governo Caiado com a Assembleia Legislativa de Goiás continua turbulenta. Um clima de revolta começa a se instalar nos corredores do parlamento goiano. Foram muitos os esforços e de diversas tratativas com representantes do Poder Executivo, mas mesmo assim a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás não recebeu da Secretaria de Economia o repasse para a quitação da folha de pagamentos do mês de Julho dos servidores da Casa, que ficaram sem receber antes do dia dos pais.

O setor financeiro da Alego cumpriu o prazo legal, tendo empenhado e liquidado a folha de pagamentos no dia 31 de julho. Infelizmente, a gerência de Finanças da Secretaria de Economia não fez o repasse e informou que o montante destinado ao Legislativo só será liberado na segunda-feira, 12 de agosto.

Este é o segundo mês consecutivo que o Governo atrasa o repasse ultrapassando o dia 10 do mês subsequente, causando graves transtornos aos servidores. A presidência da Alego informa que continuará insistindo com os responsáveis pelo repasse para que cumpram a lei e respeitem o Poder Legislativo pagando em dia.

Medidas legais já estão sendo preparadas para garantir que esse tipo de atraso e protelação por parte da área econômica do governo não aconteça mais. Em nota interna a presidência da Assembleia não descarta ir à justiça para obrigar o Governo do estado a fazer os repasses à casa rigorosamente em dia.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.