Bactéria devoradora de plástico, criada por acidente, pode salvar o planeta Terra

O poder devorador da bactéria criada por acidente está sendo testado

Uma equipe multinacional de especialistas criou acidentalmente uma enzima mutante que tem a capacidade de reciclar elementos de plástico, relata o The Guardian.

O estudo começou em 2016, quando num depósito de lixo no Japão foi descoberto uma bactéria que naturalmente evoluiu para poder comer uma classe de plástico conhecida como polietileno tereftalato (PET), que é comumente usado na produção de recipientes para bebidas.

Os especialistas examinaram a bactéria para entender como ela poderia reciclar o PET. Mas o que eles conseguiram com suas experiências, acidentalmente, foi melhorar a capacidade de desintegrar materiais plásticos daquela enzima mutante.

Resolva o problema da reciclagem de plástico

A enzima melhorada requer apenas alguns dias para começar seu trabalho de devorar plástico, enquanto a bactéria original descoberta no Japão não é capaz de fazê-lo em breve. Agora eles consideram que há a possibilidade de melhorá-lo ainda mais e, assim, acelerar o trabalho de decomposição que ele realiza. Atualmente, a ciência moderna permite que modificações nas enzimas se tornem mais efetivas.

Segundo os envolvidos neste desenvolvimento, a descoberta permitirá no futuro resolver o problema da reciclagem de plásticos. O professor e pesquisador John McGeehan, da Universidade de Portsmouth, espera que as mudanças da enzima ofereçam a possibilidade de reciclar plástico para convertê-lo em seus compostos originais, o que reduziria o excesso desse material nos lixões de todos o planeta.

Fonte: https://www.grandesmedios.com




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.