Ataque a tiros em Virginia Beach deixa 12 mortos, incluindo o suspeito

Um funcionário público insatisfeito abriu fogo no centro municipal de Virginia Beach, nos Estados Unidos (EUA), nessa sexta-feira (31), matando pelo menos 11 pessoas e ferindo seis antes de se suicidar, de acordo com informações do chefe de polícia da cidade.

James Cervera afirmou que as circunstâncias precisas do ataque estão sob investigação e deu poucos detalhes. Ele confirmou que um policial estava entre os atingidos pelos tiros, mas sobreviveu.

Cervera disse que o suspeito era funcionário municipal há longo tempo, e o descreveu como “insatisfeito”. Não ficou imediatamente claro se ele se suicidou ou foi morto em uma troca de tiros com a polícia.

Os disparos começaram, segundo Cervera, pouco depois das 16h (horário local) no Prédio 2 do complexo do centro municipal, uma instalação descrita como sede dos serviços públicos de Virginia Beach e que fica ao lado da prefeitura da cidade.

Virginia Beach, município costeiro da Baía de Chesapeake, banhado pelo Oceano Atlântico, é a cidade mais populosa do estado da Virgínia, com cerca de 450 mil habitantes.

“Este é o dia mais devastador da história de Virginia Beach”, disse o prefeito da cidade, Bobby Dyer, em entrevista coletiva ao lado do chefe de polícia. “As pessoas envolvidas são nossos amigos, companheiros de trabalho, vizinhos, colegas.”




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.