Assassino de Cadu é morto a tiros em Aparecida de Goiânia

Um criminoso que praticava delitos junto com o irmão, e que no final dos anos 90 ficou conhecido como “o gêmeo da Vila Santa Helena”, foi morto a tiros no início da tarde de hoje (22), no Jardim Cristal, em Aparecida de Goiânia. Condenado há mais de 60 anos por vários crimes, entre eles a tentativa de assassinato de um oficial da PM em Goiânia, Nilson Ferreira de Almeida, de 51 anos, também ganhou notoriedade após ter matado, em abril de 2016, dentro do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia o latrocida Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, conhecido como Cadu – assassino confesso do cartunista Glauco e do filho. A policia ainda não tem informações sobre quem atirou em Nilson Ferreira, que foi encontrado já sem vida na Avenida Montenegro, com várias perfurações de arma de fogo pelo corpo.


TAG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.