Após publicação de Thiago Neves, Atlético-MG diz que não brinca com tragédia

Após uma publicação do meia Thiago Neves, do Cruzeiro, que fez uma piada relacionada ao rebaixamento do Galo em 2005 e a queda de barragens, o Atlético-MG utilizou suas redes sociais para mandar uma indireta ao jogador do maior rival.  “Aqui não brincamos com tragédia. Estamos preocupados em ajudar”, publicou o clube, com uma foto da camisa que homenageou o trabalho feito pelo Corpo de Bombeiros, responsável pelas buscas de vítimas do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Pouco antes da publicação do Atlético, Thiago Neves usou em suas redes sociais uma imagem que circula em grupos de Whatsapp simulando haver uma barragem na Cidade do Galo.

O jogador fez uma relação com o rebaixamento do Atlético, em 2005, e escreveu que ‘barragem que já caiu uma vez assusta moradores de Vespasiano e região’. O CT do clube alvinegro está localizado em Vespasiano, cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Dirigentes do Alvinegro, Lásaro Cândido da Cunha, vice-presidente do clube, e Rodolfo Gropen, presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, se mostraram ‘orgulhosos’ com o posicionamento feito nas redes sociais.

Pedido de desculpas

Também por meio do Instagram, Thiago Neves publicou um pedido de desculpas. “Galera, peço sinceras desculpas pela infelicidade do último story que fiz. Na intenção de brincar com o rival não percebi naquele momento que estava excedendo os limites e que isso poderia chatear tanta gente. Quando tudo aconteceu nos sensibilizamos imensamente com a tragédia e buscamos todas as formas de ajudar para minimizar os danos irreparáveis causados em Brumadinho. Hoje errei, e fica aqui o meu pedido de perdão pela postagem de mau gosto”, escreveu.

A tragédia

No dia 25 de janeiro aconteceu o rompimento da barragem da Vale, no Córrego do Feijão, em Brumadinho. Até o momento, são 134 mortos confirmados e 199 desaparecidos.

Fonte: Super Esportes




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.