Agressor de gandula é suspenso por 12 jogos pelo TJD-MS

O Tribunal de Justiça Desportiva do Mato Grosso do Sul julgou na noite desta quinta-feira, os envolvidos no caso do gandula que foi espancado no último clássico entre Comercial e Operário, pelo Campeonato Sul-Mato-Grossense.

Do lado do Operário, o atacante Jeferson Reis, autor do espancamento, e o massagista Raul Prazeres foram suspensos por 12 jogos. Do lado do Comercial o lateral Jeferson Baré, que aparece nas imagens dando uma voadora no agressor, também foi suspenso por oito jogos. Tadeu Kutter, que é atleta do time de base do Comercial e trabalha como gandula nas partidas do profissional, foi suspenso das competições por 30 dias. Os clubes foram também multados.

O Operário foi multado em R$ 1 mil e o Comercial, mandante da partida, em R$ 2 mil. Rodrigo Gral foi absolvido. Os auditores do Tribunal de Justiça Desportiva demoraram pouco mais de duas horas para definirem as condenações.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.