Acidente em mina deixa 1800 trabalhadores soterrados na África

Um terrível acidente deixou cerca de 1800 trabalhadores soterrados em uma mina de exploração de platina que fica localizada no norte da África do Sul.

Os trabalhadores estão presos desde a noite da última terça-feira (30) quando uma queda bloqueou a saída do local.
A empresa responsável pela mina é a Sibanye-Stillwater que informou que mesmo soterrados e presos, os trabalhadores não ficaram feridos.
O acontecido se deu por volta das 13h locais (7h no horário de Brasília) e inicialmente acreditava-se que havia cerca de 4000 pessoas, porém a empresa esclareceu os fatos e desmentiu esse rumor.
A Sibanye-Stillwater disse que trabalhou incessantemente para conseguir liberar a saída do local, que teve a sua saída bloqueada por conta da queda de estruturas de sustentação.
Porém, a estratégia não saiu como o esperado por conta de um estudo feito por especialistas que constataram a necessidade da abertura de uma saída alternativa, devido os riscos iminentes.
“Estávamos transportando objetos sob a terra, mas alguns caíram. Agora estamos eliminando tudo o que obstrui a saída e realizando uma inspeção completa”, disse o porta-voz da empresa James Wellsted, através de uma entrevista concedida a um veículo de imprensa local.
A empresa emitiu uma nota horas depois do acidente informando que conseguiu retirar com segurança os trabalhadores. No momento do resgate a preocupação maior era que o eixo dos trilhos se danificassem, portanto foi utilizada a saída alternativa que foi cogitada no início da operação.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.