Abalado com morte da mãe, Tite evita falar e ficará em Caxias

Abalado com a morte de dona Ivone, na tarde de sábado (9), em Caxias do Sul (RS), o técnico da seleção brasileira de futebol, Tite, evitou falar com a imprensa durante o velório da mãe, na capela A do Memorial São José. De acordo com a Folhapress, durante a noite de sábado e todo o domingo (10) centenas de pessoas passaram pelo local para prestar as últimas homenagens à senhora de 83 anos que morreu vítima de um mal súbito, quando estava em casa, no bairro Ana Rech. “É um momento difícil. Ficamos reunidos na madrugada por nossa mãe. Vou ficar mais uns dois dias aqui (em Caxias do Sul) para resolver as coisas e ficar mais tempo em família”, afirmou o técnico, pela manhã, em uma breve conversa com o jornal “Pioneiro”. Ao lado dos irmãos Ademir (o Miro) e Beatriz, Tite não deixou o local por um segundo. Fez questão de permanecer até o fim ao lado daquela que foi sua maior incentivadora e conselheira desde os tempos de jogador até a seleção, passando pelos clubes dos quais foi técnico. O sepultamento aconteceu às 17h, no Cemitério Parque da cidade.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.