“A única solução é o Maduro entender que acabou”, diz Mourão

Com a ameaça de fechamento da fronteira entre Brasil e Venezuela pelo presidente venezuelano Nicólas Maduro, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), disse que essa é uma “decisão interna” do país e que o Brasil “nunca iria entrar na Venezuela”.

Segundo Mourão, o objetivo brasileiro sempre foi disponibilizar ajuda humanitária, com mantimentos como alimentos e remédios, para que venezuelanos os buscassem em Roraima, além de manter a possibilidade de ingresso de refugiados no território nacional.

De acordo com o vice-presidente, a situação não preocupa, pois há uma população “rarefeita” na região e “é possível, mas não provável” haver redução no fornecimento de energia elétrica por parte da Venezuela para o estado de Roraima. “Um dos poucos recursos que a Venezuela recebe é o que nós pagamos pela energia consumida”, completou.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.